23 de julho de 2011

Carta de 12.3.1809 a Miguel Pereira Forjaz

No meu esforço de trazer a lume as pequenas coisas relativas a Carlos Frederico Lecor, venho hoje com esta simples carta de um comandante de brigada ao Secretário de Estado (hoje seria Ministro). Uma das suas linhas é intrigante, no que Lecor diz preferir receber as gratificações portuguesas em detrimento das inglesas. Uma posição ideológica decerto.

Illmo. e Exmo. Sr.

Tenho a honra de participar a V Exª que na Tesouraria não sabem em que classe me hão-de contemplar, relativamente à Tabela que regulas as gratificações por me achar fora do meu Regimento e comandando uma Brigada, e depois de algumas dúvidas me queriam pagar como Coronel tirando-me a ratificação que S. A. Real me fez a Graça, por intervenção de V Exª de vinte mil réis por mês.

Eu prefiro esta à Gratificação Inglesa ficando desta sorte sem entrar no número de gratificados por aquela Nação.

Igualmente, não dá aos meus Ajudantes d’Ordens gratificação mais do que a de doze por cento, por se acharem fora do Regimento, desta forma não haverá quem queira servir de Ajudantes de Ordens, em geral todos quererão ir para os seus respectivos Corpos, parecendo-me que estes têm tanto trabalho, ou mais, do que os que servem juntos dos seus Regimentos. = Eu não requeiro nada a V exª a este respeito, porque tanto eu como eles, estamos por tudo porém nem todos pensarão assim e é bom que V exª saiba as dúvidas que há, com as quais haver ao descontentes.

Deus guarde a V Exª p.[or] m.[uitos] a.[nos] = Tomar, 12 de Março de 1809. = Illmo. e Exmo. Sr. D. Miguel Pereira Forjaz. = Carlos Frederico Lecor, Coronel Comandante de Brigada.

Itinerários de Carlos Frederico Lecor - 1810

ITINERÁRIOS - 1810

Fev.1810-Set.1810 – Comando de tropas na Beira (2.º período) - AHM
18.2.1810 – Ofício de Wellington (assinado em Viseu), informando Lecor que irá tomar o comando de um corpo junto ao Zézere (formando uma 2.ª linha atrás do Coronel Wilson, em Castelo Branco), constituído pelo RI n.º 13, e as Milícias de Tomar, Leiria e Santarém. Primeiramente, deveria tomar Quartel-general em Tomar, e dispor as suas tropas por forma a defender a passagem do Zêzere.
24.2.1810 – Tomar
12.3.1810 – Tomar
28.3.1810 – Castelo Branco (primeira carta a Miranda Henriques, após LLL chegar a Tomar, saindo de Castelo Branco)
1.4.1810 – Castelo Branco
3.4.1810 – Castelo Branco
8.4.1810 – Castelo Branco
12.4.1810 – Castelo Branco
23.4.1810 – Castelo Branco
30.4.1810 – Castelo Branco
2.5.1810 – Castelo Branco
17.5.1810 – Castelo Branco
29.5.1810 – Castelo Branco
3.6.1810 – Castelo Branco
16.6.1810 – Castelo Branco
20.6.1810 – Castelo Branco
28.6.1810 & 4.7.1810 - Milícias de Castelo Branco, Idanha e Covilhã postas sobre o comando de Lecor, de acordo com ofícios de Beresford (Soriano II/III/46-47)
1.7.1810 – Castelo Branco
5.7.1810 – Castelo Branco
8.7.1810 – Castelo Branco
10.7.1810 – Castelo Branco
12.7.1810 – Castelo Branco
15.7.1810 – Castelo Branco
18.7.1810 – Castelo Branco
21.7.1810 – Castelo Branco
24.7.1810 – Castelo Branco
26.7.1810 – Castelo Branco
20.9.1810 – Chega a Espinhal, vindo do Fundão, via Pampilhosa da Serra, em marchas forçadas. A 22, deveria estar em Ponte de Murcela.
27.9.1810 - Bussaco – Cte. Brigada (Caç. 5 + Inf. 12, 13) + Milícias.
29.9.1810 – Ponte de Murcella
(retirada de Ponte de Murcela para as Linhas de Torres, na coluna do General Hill)
16.10.1810 – campo da Serra da Muxeira
22.10.1810 – campo da Serra de Alhandra (“Commandante da 3.ª Divisão do Exército da Direita”).
18.11.1810 - A posição da Divisão de Milícias, comandanda por Lecor, era Alhandra (1.ª linha). Esta divisão fornecia-se no Depósito de Povoa (um dos três em funcionamento).
20.11.1810 – Sobral Pequeno (próxima a Sobral - actual Sobralinho, no concelho de Vila Franca de Xira)

Itinerários de Carlos Frederico Lecor - 1809

No início do ano de 1809, o então Coronel Carlos Frederico Lecor exerceu o comando militar da Beira Baixa, substituindo Francisco da Silveira Pinto de Fonseca (futuro Conde de Amarante). Em Abril, vai com a divisão para a zona de Abrantes, para treino.

ITINERÁRIOS 1809

Fev.1809-Maio.1809 – Comando de tropas na Beira (1.º período) - AHM
2.2.1809 – Almeida
3.2.1809 – Almeida
3.3.1809 – Idanha-a-Nova
7.4.1809 – Idanha-a-Nova. Informa que a vanguarda da sua divisão chegará a Abrantes no dia 9.
15.4.1809 - Abrantes
17.4.1809 – É citado em Ordem do Dia do Marechal Beresford, “pela boa apparencia em geral das Tropas debaixo das suas ordens”, após revista de tropas em Punhete, no dia 15 de Abril.
30.4.1809 – Abrantes
1.5.1809 - “(...) Forças de Abrantes até Villa Velha, às ordens do coronel Lecor: Caçadores n.º 1, 576; Caçadores n.º 2, 405; Caçadores n.º 5, 296; milícias de Santarém, 815; milícias de Thomar, 980; milícias da Covilhã, 993; dois esquadrões de cavallaria, 220; oito peças de calibre 3 (...)”. total: 4065 – fonte: ofício de Beresford (Soriano II/V/i/428).
15.5.1809 – Abrantes
19.5.1809 – garganta de Milhariça
23.5.1809 – Perdigão
5.6.1809 – Perdigão
6.6.1809 – Perdigão
10.6.1809 – Perdigão
11.6.1809 - Perdigão
2.7.1809 - Pinhel
8.7.1809 - Pinhel
3.8.1809 – José Ribeiro de Almeida é nomeado Comissário de Viveres na Brigada do sr. Lecor.
15.9.1809 - Punhete (*)
Outubro.1089 [Em hum dos dias dos mes de,] – Azambuja. O Mestre de Portas de Azambuja, Isidoro José Correia, recusa-se a fornecer Lecor com cavalgaduras, Lecor puxa da espada, insulta-o com palavras e dá-lhe uma bofetada.
2.10.1809 – Punhete. Comandante de Brigada – Caç. 4, 6 (841 efectivos).
4.11.1809 – Punhete
15.11.1809 – Punhete
21.11.1809 – Representação de Lecor contra o Mestre de Portas de Azambuja, relativos aos factos passados e que leva a inquirições a testemunhas em Dezembro.
2.12.1809 - Punhete
16.12.1809 – A sua brigada (Caç. 4 e 6) é numerada como a terceira de Caçadores, por Ordem do Dia, em Tomar.
22.12.1809 – o Marechal Beresford, em Ordem do Dia, reflecte sobre a falta de preparação dos Caçadores, mas testemunha “a sua satisfação ao Coronel Lecór pela maneira, e applicação, que tem empregado sempre para o melhoramento das Tropas debaixo das suas ordens” (Caç. 4, 6).

(*) Punhete é hoje conhecida por Constância.