8 de maio de 2014

Pequena biografia: Jorge Frederico Lecor (I Parte: 1771-1818)

Brigadeiro J. F. Lecor, 1817
(óleo de Joaquim Leonardo da Rocha,
Museu da Quinta das Cruzes, Funchal)
JORGE FREDERICO LECOR, quarto filho de Luiz Pedro Lecor e D. Quitéria Luísa Marina Lecor, nasceu, muito provavelmente, em 1771, ainda em Lisboa, no bairro de Santos-o-Velho. Muda-se para Faro com a sua família algures na década de 1770. Com apenas 17 anos, a 10 de março de 1788, “sentou praça de voluntário e jurou bandeiras” no Regimento de Infantaria de Faro, aquartelado então em Tavira. A 16 de julho do ano seguinte, passa ao Regimento de Artilharia do Algarve, em Faro, junto à família. Embarca em 1793 com os irmãos, João Pedro e António Pedro, também cadetes, e as três companhias de artilheiros de Faro para a Catalunha onde participa nas operações do Exército Auxiliador. Cai prisioneiro de guerra dos franceses, em 1794, durante nove meses. A 7 de outubro de 1795, após retornar de França, é promovido a 2.º Tenente da 8.ª companhia de artilheiros do seu regimento. Está, durante o ano de 1797, no acantonamento do Alentejo. Durante este ano, a 11 de outubro casa-se, por procuração, com D. Germana Guilhermina  Máxima Buys, sua prima, na Ermida de Pé da Cruz. Cinco anos depois, a 6 de novembro de 1800 passa no mesmo posto de 2.º Tenente à companhia de Bombeiros [observadores de artilharia]. Quatro meses antes, nasce o seu primeiro filho, também Jorge Frederico. Participa na campanha de 1801, nas praças de Castro Marim e Vila Real, e depois no Alentejo. A 14 de outubro de 1801, é promovido a 1.º Tenente da 6.ª companhia de artilheiros, onde se mantém por três anos. 
Igreja do Pé da Cruz, Faro,
onde se casou, por procuração, em 1797

A 15 de agosto de 1805, é promovido a Sargento Mor Ajudante de Ordens do novo Vice-Rei da India, o Conde de Sarzedas, D. Bernardo José Maria Lorena e Silveira. Chegou a Goa, com o Vice-Rei, no dia 27 de maio de 1807. Por patente do Vice-Rei, de 1 de setembro de 1808, é nomeado Governador de Damão, sendo graduado em Tenente Coronel. Três anos depois, em 1811,  parte de Goa para o Brasil, dias antes de 15 de dezembro, mas a 17 de dezembro de 1811, é graduado em Coronel do Regimento de Artilharia de Goa. Do Brasil, vai nomeado para Coronel efetivo comandante do Batalhão de Artilharia da ilha da Madeira, sendo graduado a Brigadeiro a 12 de outubro de 1814. É feito comendador da Real Ordem Militar de S. Bento de Aviz a 13 de maio de 1815. A 22 de janeiro de 1818 é promovido a Brigadeiro efetivo.

Postagens antigas sobre Jorge Frederico Lecor:
- Biografia (feita em 2008, obsoleta):  http://lecor.blogspot.pt/2008/04/carlos-frederico-lecor.html

Sem comentários: